A TAM retomou nesta terça-feira (26) a venda regular de passagens para vôos domésticos que estava suspensa desde o último dia 22 de dezembro segundo a assessoria de imprensa da empresa. A companhia confirmou ainda que uma auditoria da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) esteve hoje na sede da TAM, em São Paulo, para verificar o sistema de reserva.

Em nota, a empresa informa que a operação dos vôos está regularizada e o atraso médio gira em torno de 50 minutos. "Houve o cancelamento programado de 28 vôos na data de hoje – de um total de 681 – em função da baixa demanda em rotas que integram o chamado tráfego de negócios.

Em relação às bagagens extraviadas nos últimos dias, a TAM informa que tem o registro de 100 malas no aeroporto de Guarulhos e 150 no Galeão, no Rio de Janeiro, ainda não entregues aos passageiros. "A maioria delas não está identificada o que requer o rastreamento de informações para localizar o dono", diz a empresa.

A companhia explica que está oferecendo crédito compensatório, alimentação, transporte e hospedagem (quando necessário), e acomodação no próximo vôo disponível, aos passageiros que perderam suas conexões em função dos atrasos dos últimos dias.