O ministro das Relações Institucionais, Tarso Genro, disse que é possível que até sábado, quando o PT realiza sua convenção nacional para ratificar a candidatura do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à reeleição, seja conhecido o nome do candidato a vice-presidente.

Ele disse, no entanto, que o fato de dois representantes do PSB – os ex-ministros da Integração Nacional Ciro Gomes e da Ciência e Tecnologia Eduardo Campos – terem assistido ao jogo do Brasil contra o Japão hoje, ao lado de Lula, no Palácio da Alvorada, não significa que será aquele partido que vai indicar o candidato a vice-presidente na chapa encabeçada por Lula.

Assistiram ao jogo com o presidente, no Alvorada, além de Genro e dos dois ex-ministros, os ministros do Trabalho, Luiz Marinho, da Agricultura, Roberto Rodrigues, e do Esporte, Orlando Silva. Estiveram presentes ainda os governadores do Rio Grande do Sul, Germano Rigotto (PMDB), e do Acre, Jorge Viana (PT), o presidente do PT, deputado Ricardo Berzoini (SP), o ministro Sepúlveda Pertence, do Supremo Tribunal Federal, e o ex-deputado federal Geraldo Magela (PT-DF).