Juan Mabromata/AFP

O técnico japonês Takeshi Okada assumiu na noite desta terça-feira toda a responsabilidade pela derrota sofrida por sua seleção para o Paraguai (5-3 nos pênaltis, após 0 a 0 no tempo regulamentar), nas oitavas de final da Copa do Mundo.

“Sou responsável por não ter conquistado a vitória. Não posso dar mais detalhes. Quando vejo o que poderia ter feito para vencer e comparo com o que fiz, então vejo que, como técnico, não conquistei o que queria”, disse Okada, em uma coletiva de imprensa no estádio Loftus de Pretória.

O japonês disse: “Devia ter insistido em dizer aos meus homens que buscassem a vitória, que jogassem para ganhar e isso é a única coisa que vem à minha cabeça agora”.

“Não jogamos o futebol que queríamos. Queríamos surpreender o mundo, queríamos vencer e surpreender, mas não pudemos fazê-lo”, declarou o treinador japonês.

O Japão nunca chegou às quartas de final de uma Copa, enquanto o Paraguai passou para essa fase pela primeira vez na história.