Brasília – O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) informou há pouco que concluiu com sucesso o lançamento do telescópio Masco. Às 13h30 ele se separou do balão que o levou à alta atmosfera e retornou suavemente ao solo, acoplado a um pára-quedas.

O telescópio é o de maior porte e o primeiro desenvolvido no país com capacidade de registrar a radiação de raios X e gama emitida pelas estrelas na Via Láctea. Avaliado em R$ 3 milhões, o telescópio foi levado a uma altitude de 40 mil metros para coletar dados de todo o Universo, entre eles fenômenos como buracos negros e informações sobre a origem de galáxias e estrelas.

As imagens foram registradas com a ajuda de diversos sensores, entre eles um giroscópio, sensores estelares e solares, rastreadores solares, bússola eletrônica e acelerômetros. Grande parte dos equipamentos foi desenvolvida no próprio Inpe. (Asdcom Inpe)