A bancada de senadores do PDT vai se reunir hoje para decidir qual candidato apoiará na eleição para presidente do Senado. Segundo o líder do partido, senador Osmar Dias (PR), a tendência da bancada é a de fechar em bloco em favor da reeleição do atual presidente da Casa, senador Renan Calheiros (PMDB-AL).

A bancada do PDT tem quatro senadores, mas, o recém-eleito João Durval (BA), que tomará posse em 1º de fevereiro, já é considerado voto certo a favor de Renan, e, com isso, o atual presidente poderá contar hoje com cinco votos a mais na disputa com o pefelista José Agripino (RN).

Nas avaliações internas no PFL, alguns dirigentes temem que a adesão do PDT a Renan possa definir a eleição em favor do PMDB, mas Agripino não se dá por vencido: ele almoça hoje com a bancada do PSDB, na tentativa de conseguir o apoio dos tucanos. "Minha expectativa é de que o PSDB feche comigo", afirmou hoje o senador do PFL.