Brasília ? O ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, informou quais os próximos passos do governo federal no combate à corrupção. Em sua participação na reunião ministerial, Bastos falou que faz parte da estratégia do governo de repressão ao crime organizado o envio ao Congresso, ainda este ano, de uma mudança na lei que trata do crime de lavagem de dinheiro.

Bastos pretende que sejam aumentado o número de origens do dinheiro que, se ocultados, classificam lavagem de dinheiro.Atualmente, uma pessoa pode ser acusada de lavagem de dinheiro se ocultar a origem de recursos, vindo de crimes como tráfico, corrupção, extorsão e outros.

O ministro também afirmou que montará uma estratégia de ação integrada de órgãos federais para rastreamento e bloqueio de recursos enviados ao exterior. Também prometeu buscar avanços nos acordos de cooperação internacional. A reunião ministerial segue na Granja do Torto, residência oficial do presidente, e dura mais de 7 horas. As informações são da Secretaria de Imprensa e Porta-Voz da Presidência.