Rio (AE) – A morte do traficante Erismar Rodrigues Moreira, o Bem-Te-Vi, de 29 anos, em confronto com a polícia, deixou um clima de muita tensão e violência na favela da Rocinha onde ele comandava o tráfico de droga. Pouco depois do enterro dele, os traficantes soltaram fogos de artifícios por um longo tempo e fizeram disparos em direção às equipes policiais e de reportagem, que fazem plantão na parte baixa da favela, no Largo do Boiadeiro. Todo comércio está fechado por exigência do tráfico, de luto pela morte do bandido mais procurado do Rio.

Em meio ao tiroteio, o tráfego no Túnel Zuzu Angel, que liga a zona sul à zona oeste, foi interrompido por 20 minutos nos dois sentidos. Houve pânico. Muitos motoristas abandonaram os carros e fugiram a pé. Alguns veículos ficaram retidos no interior do túnel.