O Ministério dos Transportes já tem assegurado R$ 1 bilhão para iniciar o plano de recuperação das rodovias federais, segundo o ministro Alfredo Nascimento. O plano, apresentado pelo ministro ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, prevê a recuperação de aproximadamente 11 mil quilômetros (25%) das estradas do país até abril de 2005. O projeto total está orçado em R$ 2 bilhões. O plano deverá gerar 50 mil empregos diretos e 200 mil indiretos, de acordo com Nascimento

As rodovias usadas para o escoamento da safra agrícola vão ter prioridade, revelou o ministro. A idéia do governo é dar oportunidade também à mão-de-obra ociosa das localidades próximas às rodovias.

O ministro dos Transportes informou que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva autorizou uma suplementação orçamentária de R$ 500 milhões para a restauração de rodovias federais. Segundo o ministro, o dinheiro vai ser usado também para saldar parte das dívidas do governo com empresas privadas.

?Essa verba extra vem para aliviar as empresas e de forma gradativa reduzir esse débito?, explicou o ministro, que participou hoje da reunião do setor de infra-estrutura no Palácio do Planalto.

Na quarta-feira, Nascimento deve se reunir com os ministros da Casa Civil, José Dirceu; Planejamento, Guido Mantega, e Fazenda, Antonio Palocci, para definir como será feito o desembolso dos recursos adicionais.