Foto por: Jung Yeon-Je

O treinador da Coreia do Sul, Huh Jung-Moo, anunciou nesta sexta-feira que deixará seu posto, justificando essa decisão pelas críticas que recebeu na internet sobre sua capacidade de liderança durante a Copa do Mundo, que o incomodaram a ponto de fazê-lo querer abandonar a seleção.”Decidi não continuar”, declarou Huh, de 55 anos, em uma entrevista coletiva à imprensa. “Os membros de minha família sofreram muito com esta situação”, disse, antes de ressaltar que quer passar um “tempo se reciclando” junto com sua família. O contrato de 30 meses assinado por Huh Jung-Moo termina após o Mundial da África do Sul. Após uma campanha regular na fase de grupos, a Coreia do Sul foi eliminada nas oitavas de final da competição pelo Uruguai (2-1).