Foto por: Paballo Thekiso

Espanhóis e holandeses, vestidos da cabeça aos pés com as cores das respectivas seleções, mal podem esperar a hora da grande final no Soccer City, que começa às 15h30 no horário de Brasília. Até 3 bilhões de pessoas vão assistir ao jogo decisivo pela televisão.

Enquanto nos dois países que celebrarão um título mundial inédito, telões foram instalados nas principais cidades, no país anfitrião a torcida recebeu reforço de última hora.

Três aviões com 1.100 torcedores chegaram no sábado à noite. Os torcedores de última hora pagaram cerca de US$ 2.000, já incluídos aí a entrada para o Soccer City, que vai estar lotado, com 84.490 pessoas.

O estádio deve receber 20.000 torcedores da Laranja Mecânica, de acordo com a torcida organizada.

Do lado espanhol, seis aviões chegaram a partir de sexta-feira com cerca de 1.700 torcedores, que pagaram até US$ 3.800.

A realeza de ambos os países vai ao Soccer City assistir à final. Ao todo, 17 chefes de Estado marcarão presença, além de artistas.

O ex-presidente Nelson Mandela ficará alguns minutos no jogo, como confirmou a família a poucas horas de a bola começar a rolar.

Antes do jogo, haverá uma cerimônia de encerramento, a partir das 13h30 (em Brasília). A grande estrela será a cantora Shakira.