A secretária da Saúde de Curitiba Márcia Huçulak antecipou nesta segunda-feira (24) que Curitiba pode voltar para a bandeira vermelha a partir da próxima quinta-feira (27). A declaração foi feita durante entrevista para o jornal Boa Noite Paraná, da RPC. De acordo com a secretária, tudo aponta para medidas mais rigorosas de combate à covid-19. A decisão oficial será divulgada nesta terça-feira (25).

LEIA TAMBÉM:

>> Leitos de enfermaria SUS para covid-19 chega a ocupação máxima em Curitiba

>> UFPR encontra material genético do coronavírus em objetos de hospitais e consultórios de Curitiba

“A gente tá assim, para o vermelho, só uma viradinha. Eu não vejo muita perspectiva [de manter a bandeira laranja]”, explicou a secretária durante a entrevista. Nesta segunda-feira (24), a taxa de transmissão segue alta, com 1,2 – o que significa que 100 pessoas infectadas transmitem o vírus para 120.

Com a doença avançando, leitos de enfermaria SUS para coronavírus lotados, e UTIs com ocupação de 96% na capital paranaense, os cálculos de avaliação da bandeira em Curitiba caminham para o alerta máximo.

A avaliação de dados da bandeira em Curitiba é realizada toda quarta-feira (24). No entanto, o decreto que manteve a bandeira laranja na capital por mais uma semana foi divulgado na terça-feira (18). Na semana passada, a transmissão já seguia em alta, e para frear a pandemia, a prefeitura resolveu decretar lockdown durante todo o fim de semana.