O senador Romeu Tuma (PFL-SP), que ontem integrou o grupo de parlamentares que conversou em São Paulo com o doleiro Antonio Oliveira Claramunt, o Toninho da Barcelona, disse há pouco que vai pedir à CPI dos Correios que requeira a documentação recebida pela extinta CPI do Banestado, que depois de ter sido boicotada pelo relator, deputado José Mentor (PT-SP), acabou sem votar nenhum relatório final.

Segundo Tuma, Toninho da Barcelona afirmou a parlamentares que a documentação do banco norte-americano MPB, recebido por aquela CPI, "é uma caixa-preta que precisa ser investigada" .O senador lembrou que esse banco funcionava como grande operador de remessas suspeitas, feitas do Brasil e de outros países da América Latina, e que terminou sendo fechado pelas autoridades norte-americanas.