A Semana Nacional do Trânsito, que será comemorada em todo Brasil de 18 a 25 de setembro, vai envolver as principais universidades de Curitiba. A Prefeitura de Curitiba, responsável pela organização geral da semana, vai contar com o apoio da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Pontifícia Universidade Católica (PUC), Faculdade Evangélica, Centro Universitário Positivo (Unicenp) e Centro Universitário Campos de Andrade (Uniandrade).

"Sensibilizar os universitários é muito importante para melhorar o trânsito e salvar vidas. A maioria dos acidentes acontece nas noites do final de semana e envolve jovens que abusaram da bebida ou de drogas", explica a coordenadora do Núcleo de Educação e Cidadania da Diretran, Maura Moro Barbosa.

O tema escolhido para a semana foi "Trânsito Saudável". Para conhecer melhor o comportamento dos alunos, a UFPR vai fazer uma pesquisa interna de observação que indicará o percentual de alunos que se deslocam de ônibus, de bicicleta, a pé e de carro, inclusive do número de passageiros por veículo. Na entrada de cada campus serão feitas blitze com distribuição de material educativo.

A UFPR tem um núcleo de alunos e professores dedicados ao estudo da psicologia no trânsito, e um curso de extensão universitária sobre o uso de bicicletas. A universidade vai aproveitar o conhecimento acumulado para oferecer treinamentos em empresas sobre "mobilidade saudável" – deslocamentos a pé e de bicicleta – que não geram poluição e trazem benefícios à saúde e qualidade de vida para os trabalhadores.

A PUC vai levar a Semana Nacional de Trânsito para dentro da universidade, com uma programação concentrada no problema mais grave do trânsito: a mistura de álcool e direção. De acordo com um estudo feito pela Unicamp, 42% de mortos no local dos acidentes de trânsito, durante o ano passado, apresentavam quantidades elevadas de álcool no sangue – o que, segundo os pesquisadores, comprova a ligação entre bebida e a violência no trânsito. O principal evento na PUC será o fórum "Álcool e Trânsito", com abertura marcada para o dia 21.

A Faculdade Evangélica vai participar das blitze educativas em diversos pontos da cidade para orientação dos motoristas, ciclistas e pedestres. A faculdade também quer incentivar a carona solidária, uma contribuição para diminuir o grande número de veículos que circulam pela cidade com apenas uma pessoa. A agenda das apresentações da peça "Carona Solidária" está sendo finalizada.

O Unicenp vai fazer uma campanha interna de sensibilização dos alunos para a necessidade de um trânsito mais saudável. A página da faculdade na internet será usada para divulgar a programação da semana do trânsito. Os alunos vão receber panfletos com orientação sobre direção responsável. Alunos do curso de fisioterapia vão fazer apresentações teatrais para alertar sobre as seqüelas de um acidente.

Todas as turmas da Uniandrade vão assistir palestras-relâmpago, de apenas 15 minutos, com vídeos sobre acidentes de trânsito. A direção do centro universitário quer levar a todos os alunos informações sobre as conseqüências sociais, piscológicas e econômicas dos acidentes. As turmas de pós-graduação da área de saúde, especialmente em cursos sobre atendimento de urgência e emergências médicas, vão organizar workshops sobre o mesmo tema.