Foto: Michel Willian/SMCS
saude2241105_1.jpg

A Prefeitura de Curitiba começa agora em dezembro as obras de ampliação das cinco unidades de saúde 24 horas da cidade – Boqueirão, Albert Sabin (Fazendinha), Boa Vista, Sítio Cercado e Campo Comprido. As unidades vão dobrar de tamanho, ganhando cada uma mais mil metros quadrados, e terão um pronto atendimento infantil. "Isso representa melhor atendimento, maior conforto para o usuário e agilização dos serviços", diz o secretário municipal da Saúde, Michele Caputo Neto.

"As unidades 24 horas estão realmente saturadas. A demanda é grande, sofremos a pressão de pacientes da Região Metropolitana e não há espaço físico para ampliarmos o atendimento", explica o secretário. As obras de ampliação, que devem durar 240 dias, começam pelas 24 horas, Fazendinha, Boqueirão e Sítio Cercado. Com a ampliação, cada uma poderá dobrar o número de usuários atendidos por dia. As unidades fazem diariamente entre 500 e 600 atendimentos.

Ao todo, o serviço de saúde de Urgência e Emergência de Curitiba, do qual fazem parte as unidades 24 horas, terá em 12 meses 15 mil metros quadrados de área de atendimento. No começo do ano, começa ampliação das US 24 horas Boa Vista e 24 horas Campo Comprido, que também vão ganhar mais mil metros quadrados. Curitiba ainda terá mais três unidades 24 horas: Pinheirinho, que será entregue até março; Cajuru e CIC, que estão em fase de licitação.

As US 24 horas CIC e Cajuru já serão construídas na planta nova, com 2 mil metros quadrados. "Vamos humanizar o atendimento, já na área de recepção e salas de espera", garante o secretário Michele Caputo. O pronto atendimento infantil terá entrada própria, separada dos adultos. A racionalização da distribuição das salas e consultórios permitirá que o setor administrativo funcione numa área anexa à unidade, deixando um espaço ainda maior para o usuário.