Brasília (AE) – A campanha publicitária convocando idosos a se vacinarem contra a gripe começou a ser veiculada hoje em todo o País. Para divulgação de spots de rádio, filmes para TV, cartazes e folders, o Ministério da Saúde gastou R$ 5 milhões. Pelo segundo ano consecutivo, a campanha é estrelada pelo cantor Jair Rodrigues. O Ministério da Saúde espera imunizar 10,6 milhões de pessoas com idade superior a 60 anos, o que corresponde a 70% da população brasileira nesta faixa etária.

A vacinação de idosos será feita entre 25 de abril e 6 de maio. Este ano serão montados 61.500 postos de vacinação. Na região Norte também serão usados na campanha barcos e aviões. Nos pontos de imunização, estarão disponíveis também vacinas contra tétano, difteria e febre amarela, que serão aplicadas em idosos que estiverem com a carteira de vacinação desatualizada.

A vacina contra a gripe é produzida com base em três subtipos de vírus influenza de maior circulação no Hemisfério Sul. Pessoas imunizadas têm uma redução de até 90% do risco de contrair a gripe. Como o vírus periodicamente sofre mutação, é preciso fazer a vacina todos os anos. A imunização começa duas semanas após a aplicação.

As campanhas de vacinação de idosos começaram em 1999. Na campanha deste ano o Ministério da Saúde deverá investir R$ 123 milhões. De acordo com o Ministério da Saúde, estudos internacionais indicam que a vacina contra a gripe reduz a mortalidade entre a população idosa em até 50%. A imunização também pode evitar o risco de hospitalização por doença cardíaca e de ocorrência de distúrbios cerebro-vasculares.