Brasília – O presidente do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara, deputado Ricardo Izar (PTB-SP), disse que o processo de cassação do mandato do líder do PP na Casa, José Janene (PR), continuará, normalmente, apesar de o laudo da junta médica que o examinou no Paraná informar que ele não tem condições de ser submetido a situações de estresse. "Vamos continuar o processo, ouvir as testemunhas do deputado e da relatoria, e o deputado Janene poderá ser o último a depor, não há problema. Mas o processo continuará, mesmo que o deputado se aposente por invalidez", afirmou.