A promoção "Varig Super Weekend", pacote turístico com o objetivo de incrementar viagens entre Rio e São Paulo lançado hoje (1) pela companhia aérea, chegará em breve a Belo Horizonte (MG) e pode ser ampliada também para outras capitais, como Curitiba (PR).

É o que diz o presidente do conselho da Varig, David Zylbersztajn, que participou hoje do lançamento da promoção com o prefeito de São Paulo, José Serra (PSDB). Segundo Zylbersztajn a idéia não partiu da companhia aérea, mas sim da Prefeitura do Rio. O prefeito Cesar Maia deve participar logo mais à tarde de assinatura do convênio com a empresa, no Rio. O pacote oferecido sai a partir de R$ 399 por pessoa e inclui bilhete da ponte aérea, uma noite em hotel em apartamento duplo e café da manhã.

O evento de hoje, no Teatro Municipal de São Paulo, contou com a presença de celebridades da TV como Beatriz Segall, José Wilker e Luana Piovani. Zylbersztajn, que dirigiu a Agência Nacional de Petróleo (ANP) na gestão do presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), afirmou que a escolha da empresa aérea por parte das duas prefeituras, em detrimento de outras concorrentes, foi uma demonstração de prestígio. "Nós temos a plena confiança desses governos." A Varig ingressou em junho com pedido de recupera ção judicial na Nova Lei de Falências, e está em processo de reestruturação.

Segundo Zylbersztajn, sua equipe de administradores levará o plano para avaliação da Justiça no dia 13 de setembro. Nos próximos dias, será formado um comitê de credores para um ajuste de contas. Zylbersztajn voltou a dizer que não há um valor oficial so bre a dívida da companhia, pois as negociações com credores prevêem alongamento de prazos e redefinição de valores.

Segundo o presidente da Varig, Omar Carneiro da Cunha, a dívida está em torno de R$ 7,5 bilhões, sendo que cerca de R$ 4 bilhões devem ser discutidos no comitê de credores (empresas de leasing e representantes trabalhistas) e os outros serão negociados com o governo federal.