O Vasco precisa hoje de uma vitória nesta penúltima rodada da Taça Guanabara, contra o Volta Redonda, às 16 horas, em São Januário. Apesar de bem colocado, o time não quer perder pontos para não se complicar na competição. O Vasco tem seis pontos, dois a mais que o Volta Redonda.

O técnico do Vasco, Renato Gaúcho, teve problemas para escalar a equipe. Com o meia Morais e o volante Igor suspensos, além do zagueiro Dudar, contundido no joelho direito, ele escolheu para substituí-los Abedi, Amaral e Jorge Luiz, respectivamente. Apesar dos problemas, o treinador procurou motivar o elenco, principalmente após a derrota de quarta-feira para o América, a primeira do time no Campeonato Carioca.

A preocupação de Renato Gaúcho foi tanta que na sexta-feira ele conversou por cerca de uma hora com o grupo antes de iniciar o treinamento. O objetivo do treinador foi evitar que o fracasso ante o América deixasse os jogadores abatidos.

?O grupo está para cima e no caminho certo. Não é porque tropeçamos contra o América que vamos mudar tudo?, defendeu o técnico do Vasco. ?Eles têm a minha confiança e sabem disso.

A exemplo do confronto de quarta-feira, o atacante Romário ficará novamente no banco de reservas. O jogador, de 41 anos, ainda está fora de forma e entrará no segundo tempo. Mas Renato Gaúcho garantiu que não está sendo pressionado para colocar no time o artilheiro, que tenta fazer mais 13 gols para alcançar o milésimo da carreira.

?Não tenho a obrigação de escalar o Romário. Tenho carta branca do presidente do Vasco (Eurico Miranda) e até do próprio jogador com quem conversei e me deixou à vontade?, afirmou Renato Gaúcho. ?Sei que ele ainda vai nos ajudar bastante.