Com o anúncio do meia argentino Darío Conca como o principal reforço para 2007, o presidente do Vasco, Eurico Miranda, agora busca uma forma lícita para viabilizar o retorno de Romário.

Uma determinação da Fifa impede um atleta de atuar por três clubes diferentes durante um ano e, por isso, o artilheiro não teria condições de atuar pelo time carioca. Em abril de 2006, ele se transferiu e atuou pelo Miami F.C., nos Estados Unidos. Em seguida, jogou quatro partidas pelo Adelaide United, na Austrália.

?A diretoria já encontrou uma forma de tornar legal a vinda do Romário. Só não vamos falar agora para não atrapalhar as coisas? assegurou o vice-presidente Jurídico, Paulo Reis.

Amanhã, parte do elenco, que ainda não realizou os exames médicos, se reapresenta em São Januário. Na quarta, o grupo estará completo e, à noite, todos seguem para Resende, no sul fluminense, local da pré-temporada.