William não quer ser visto simplesmente como um jogador que venceu uma grave doença no coração, mas pretende ser tratado – e cobrado – como um atleta normal. "Tive um problema, mas agora sou igual a todo mundo. Tenho uma história diferente, mas que ficou pra trás. Estou totalmente curado", avisa.

O meia fez seus dois primeiros gols na carreira profissional na vitória por 4 a 2 sobre o Paulista, ontem, no Palestra. Vibrou batendo a mão no coração, por baixo da camisa. "Foi um gesto espontâneo", afirmou.

O que William teve foi uma arritmia cardíaca potencialmente maligna. Seu coração batia desordenadamente, o que poderia causar um enfarte em caso de excesso de exercícios. O caso foi diagnosticado num exame feito em 2004, seis meses após a morte do zagueiro Serginho, do São Caetano – em campo, num jogo contra o São Paulo.

A carreira foi interrompida. William chegou a trabalhar como office-boy do Palmeiras, mas nunca desistiu do sonho de voltar jogar. Agora, curado, ele garante: "Meu coração está firme e cada vez mais feliz".

O tratamento foi duríssimo: o jogador chegou a ter duas paradas cardíacas induzidas. Essa incrível história foi usada por Caio Júnior para motivar o elenco. O próprio treinador ficou espantado ao saber do drama vivido pelo meia aos 17 anos – hoje ele tem 20

"No dia que eu cheguei no Palmeiras um dos primeiros jogadores com quem conversei foi o William. Eu não sabia da situação dele e fiquei impressionado com a história. Ele teve duas paradas cardíacas, ficou seis meses numa cama, e deu a volta por cima. É uma história comovente, que serve de exemplo para muita gente acomodada", disse Caio Júnior.

Desde os dois gols sobre o Paulista, William já perdeu a conta de quantas vezes lhe pediram para narrar seu drama. O meia não se recusou a responder. Falou do passado difícil e deixou claro que, a partir de agora, pretende se concentrar somente no futuro. "Não tenho dor de cabeça com o passado. Hoje trabalho normalmente, no mesmo ritmo dos meus companheiros, lutando por uma vaga no time titular. É esse o meu objetivo", diz.