A Williams informou hoje que utilizará motores da equipe japonesa Toyota nas três próximas temporadas da Fórmula 1. O acordo foi firmado após uma reunião entre os diretores de ambas as escuderias, que também pretendem aumentar a colaboração entre os funcionários para ajudar no desenvolvimento tecnológico

"Espero que as equipes consigam se unir para ajudar na evolução do rendimento dos motores. Essa parceria deixa a Toyota com muitas expectativas para a próxima temporada", contou o presidente da escuderia japonesa, John Howett

Neste ano, a Williams está utilizando os motores da Cosworth, já que a BMW, antiga fornecedora de motores dos ingleses, criou a sua própria escuderia (BMW Sauber). "Esse acordo fará com que a Williams volte a brigar pelas vitórias. Voltaremos ao nível máximo de competição", contou o chefe da escuderia, Frank Williams