Foto por: Pierre-Philippe Marcou

O meia da seleção espanhola Xabi Alonso disse neste domingo que o golpe que recebeu do holandês Nigel de Jong no primeiro tempo da partida, conquistada pela Espanha (1-0) na final da Copa, foi o mais duro de sua vida.

“Não o vi na televisão, mas é a entrada que mais me machucou na vida. O peito ainda dói”, disse Alonso.

De Jong deu um “pisão” no peito do jogador do Real Madrid e o holandês recebeu apenas um cartão amarelo.