Aproximadamente 14 toneladas de drogas apreendidas em 17 meses foram incineradas ontem, em Campo Largo, na presença do governador Beto Richa e do secretário da Segurança Pública, Reinaldo de Almeida Cesar. Grande parte da droga foi confiscada nas quatro etapas da Operação Liberdade. Foram incineradas toneladas de maconha, mas também cerca de três milhões de pedras de crack e cocaína. A queima tinha previsão para ser concluída hoje de manhã.