A unidade de Foz do Iguaçu do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, do Ministério Público do Paraná, promoveu nesta sexta-feira (19), uma operação integrada para desmobilizar uma quadrilha de traficantes que agia na distribuição de drogas da região da fronteira para o interior do Paraná e de São Paulo.

Durante a ação, batizada Operação Torre, foram cumpridos 10 mandados de prisão e 14 de busca e apreensão nas cidades de Foz do Iguaçu, Assis Chateaubriand, Ponta Grossa, Marechal Cândido Rondon e São Miguel do Iguaçu.

O delegado do GAECO-Foz, Alexandre Rorato Maciel, explica que o trabalho é resultado de uma investigação iniciada em abril do ano passado, que desde então já levou à proposição de denúncia criminal contra 22 pessoas, 30 prisões e na apreensão de uma quantia significativa de crack, maconha e cocaína, bem como de armamento pesado – inclusive de parte do lote de armas furtado do Fórum de Pindamonhangaba em 2009.