A polícia tem uma nova linha de investigação para elucidar a tentativa de homicídio da adolescente Taciane Fernandes Araújo, conhecida como ?Polaca??, 14 anos. O superintendente Jurandir Mulizini não adiantou detalhes para não atrapalhar as investigações, mas acredita que o tiro que acertou a testa da garota não foi acidental.

Até a tarde de ontem, Taciane permanecia internada no Hospital do Trabalhador, em estado grave. Ela está grávida de sete meses e o bebê não corre risco de morrer.

Pela primeira versão, Taciane foi baleada quando conversava com uma adolescente de 16 anos, na Rua Gélcio Gonçalves, Jardim Sol Nascente, às 20h de terça-feira. As duas garotas estariam manuseando a arma, quando ocorreu o disparo. O revólver calibre 22 seria de um rapaz conhecido pelo apelido de ?Dieguinho? ou ?Vina?, que fugiu levando a arma.