Motociclista perdeu a vida
ao bater no ônibus.

Davi Aguiar da Cunha, 36 anos, morreu embaixo do rodado dianteiro de um ônibus da linha Raposo Tavares, às 15h30 de ontem, nas Mercês. A vítima pilotava a motocicleta Honda Titan, placa AKC-4677, quando houve a colisão com o coletivo, conduzido por Eurides Soares, 40. Conforme declarações do motorista do ônibus, ele descia pela Rua Jacarezinho e entrou na Myl-tho Anselmo da Silva, onde a moto, que trafegava na mesma direção, teria tentado ultrapassá-lo. “Estou muito nervoso. Essa é a primeira vez que me envolvo em acidente, em 14 anos de profissão”, disse Eurides.

O Siate foi chamado mas os socorristas nada puderam fazer para salvar a vida de Davi. Em seus bolsos foram encontrados 280 reais em dinheiro e mais 190 em cheques, além de uma nota rasgada de dinheiro emitido pelo Banco do Líbano e um celular, danificado na colisão. O corpo e os pertences da vítima foram levados ao IML.