Anderson de Oliveira Santos, 25 anos, apresentou-se ontem na delegacia de Almirante Tamandaré. Ele é suspeito de assassinar Artur Wil-liam Silva Borges, 26, no último dia 21. Ele alegou que Artur o vinha ameaçando e à sua namorada Márcia. Ao encontrar Artur na rua, ficou com medo de ser morto e atirou.

Anderson teria cometido o crime junto com dois comparsas, conhecidos como “Cachorrão” e “Cafu”, que devem se apresentar à polícia até o fim da semana. De acordo com o depoimento do suspeito, Márcia namorou Artur por cerca de três anos. Dois meses depois do rompimento, a garota iniciou namoro com Anderson. Artur não gostou e começou a ameaçar o casal.

Depois do crime, Anderson e Márcia fugiram para a casa de familiares em Itaperuçu. Anderson, que não tinha antecedentes criminais, foi ouvido e liberado.