Acusado de matar o vizinho a facadas, em Guarapuava, o pedreiro Jorge Nilson Correa (foto), 53 anos, foi preso ontem por investigadores da Delegacia de Vigilância e Capturas (DVC).

O crime aconteceu em 1991. Jorge, que é réu confesso, tinha três mandados de prisão pelo homicídio e morava em Curitiba há 15 anos, sem ser importunado pela polícia.

Recentemente, a DVC foi informada do paradeiro do acusado, porém o endereço estava incorreto. “Apuramos onde ele estava morando e o detivemos no Conjunto Augusto, na Cidade Industrial”, disse o investigador Henrique, que agiu na companhia do colega Pimentel.

Jorge não resistiu à abordagem e foi encaminhado ao Centro de Triagem II, em Piraquara. O pedreiro alegou que o vizinho o importunava e, por isso, o esfaqueou. Ele ficou preso por cerca de um mês e foi solto. Em 1995, fugiu para Curitiba.