Dois jovens acusados de participação em um latrocínio (roubo seguido de morte) no bairro Alto Boqueirão, em abril deste ano, foram detidos na terça-feira por investigadores da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR). Anderson Urias Pereira, 19 anos e Vinicius Matielo, o "Vina", 18, estão recolhidos na carceragem da DFR em decorrência do mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça contra eles. Segundo o delegado Rubens Recalcatti, um dos detidos confessou o crime, enquanto o outro alega que vai falar "apenas em juízo".

Na noite de 7 de abril, o corpo de João Batista Nunes, 43 anos, foi encontrado caído na sala de sua residência, onde morava sozinho, na esquina das ruas Soldado Jorge Colaço Barros e Airton Leal da Silva, Conjunto Érico Veríssimo, Alto Boqueirão. A vítima estava amordaçada e com as mãos e os pés amarrados com cabos e fios de luz. João foi morto por estrangulamento e um cinto foi utilizado como arma. Os assaltantes fizeram a limpa na residência.