Uma pequena multidão se reuniu
ao redor do corpo de Zaqueu.

Um tiro no rosto matou Zaqueu Rodrigues de Oliveira, 17 anos, no final da noite de terça-feira. A Polícia Militar foi acionada às 22h30 e encontrou o cadáver do adolescente em frente ao portão de uma residência, na Rua Marginal, perto da Rua dos Ferroviários, Vila Autódromo, Cajuru.

A PM e os investigadores da Delegacia de Homicídios, que estiveram no local do crime, conversaram com muitos moradores da região e curiosos, mas ninguém passou informações sobre o assassinato. Souberam apenas que Zaqueu chegou a pedir socorro na casa defronte ao local em que caiu. Os moradores dali, entretanto, não viram os assassinos e já encontraram o rapaz morto.

Zaqueu vestia bermuda, camiseta e tinha os pés descalços – fato que intrigou os policiais. A hipótese de que tenha sido morto por assaltantes não foi descartada. A vítima morava no mesmo bairro e, segundo a avó – única pessoa da família que esteve no local do crime -, era um menino sem vícios e que não causava problemas.