Everton Luiz de Souza Maciel, 17 anos, tentou correr de seu assassino, mas foi ferido mortalmente por três tiros. O garoto morreu na Rua Salvador Graciano, Santa Rita, Tatuquara, às 2h30 de sábado. No local, foram recolhidas seis cápsulas de bala para pistola calibre 380.

Moradores contaram aos investigadores Lima e Lopes, da Delegacia de Homicídios, que ouviram vários disparos e, ao saírem de casa, viram Everton agonizando. O Siate foi chamado, mas os socorristas nada puderam fazer para salvar-lhe a vida. De acordo com levantamento preliminar da perita Solange, da Polícia Científica, a vítima foi atingida por três tiros nas costas. "As cápsulas calibre 380 foram encontradas em dois locais diferentes, indicando que a vítima foi perseguida", comentou a perita.

Ninguém soube informar à polícia quantas pessoas correram atrás de Everton nem se havia algum veículo envolvido. As investigações estão sendo realizadas pela Delegacia de Homicídios.