Um advogado criminalista foi autuado por favorecimento real, por volta das 11h desta terça-feira (11), ao tentar passar um celular e um carregador para um dos detentos da carceragem da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV).

Os policiais notaram o comportamento estranho do homem, que ao conversar com seu cliente, várias vezes colocando a mão no paletó. Foi feita uma revista e se comprovou que ele tentava entregar os aparelhos para o preso.