Alunos da escola estadual Dias da Rocha não receberam merenda na manhã dessa quarta-feira. Eles foram prejudicados pela ação de bandidos, que invadiram o colégio durante a madrugada e levaram, entre outros materiais, a comida dos estudantes. Esse foi o quarto arrombamento na escola em menos de 10 dias.

De domingo da semana passada até essa quarta-feira, os marginais levaram seis botijões de gás, dois computadores, dois monitores, máquina de limpeza, caixas de ferramentas e várias caixas de comida, destinadas à merenda dos alunos.

Além do evidente desrespeito com a educação, os criminosos foram ainda mais mal educados: reviraram a escola e chegaram a defecar em um dos ambientes. Eles ainda quebraram a janela da cozinha com uma pedra.

Os alunos fizeram uma manifestação na manhã dessa quarta para protestar contra a insegurança na escola. Eles fizeram cartazes com frases como “Com fome ninguém pensa” e “Exigimos policiamento”, para chamar a atenção das autoridades quanto à falta de segurança.

“Os alunos ficaram indignados. A gente se sente impotente diante dos bandidos”, comentou Joselma Maria Barbosa, funcionária do colégio. Devido aos frequentes furtos, foram instalados alarme e câmeras de monitoramento na instituição, na tentativa de inibir os criminosos.

Outra

A Escola Estadual Marilze da Luz Brandt, no Jardim Fonte Nova, em Araucária, também foi alvo de marginais no mês passado. Conforme o diretor, Luis Gustavo Iung, foram levadas seis televisões e seis aparelhos DVD. Uma das televisões foi recuperada, abandonada próximo ao colégio. O diretor contou que pediu à Patrulha Escolar da Polícia Militar o reforço no patrulhamento na região.