João de Noronha
Vítima teve as mãos amarradas.

Com as mãos amarradas para trás e com um tiro no rosto, um desconhecido aparentando 23 anos, foi encontrando morto às 16h20 de ontem, boiando nas águas do Rio Passaúna, próximo a Rua Miguel Jaraminski, no bairro Tomás Coelho, em Araucária. O corpo foi encontrado por um homem que pescava com o filho adolescente. Ele disse que foi o jovem quem viu o cadáver e o chamou.

Tudo indica que o desconhecido foi levado até o local pelos criminosos, onde foi executado, provavelmente durante a madrugada. O perito do Instituto de Criminalística esteve no local, mas devido a forte chuva examinou o cadáver rapidamente, verificando apenas um tiro próximo ao olho da vítima. O corpo foi removido ao Instituto Médico Legal (IML), em Curitiba, onde o exame de necropsia deverá precisar quantos tiros acertaram o desconhecido. O caso será investigado pela Delegacia de Araucária.

Outro é atirado no Iguaçu

Um homem conhecido apenas por "Cambará" foi encontrado morto às margens do Rio Iguaçu, próximo à ponte da Rua Treze, em Fazenda Rio Grande. A polícia foi acionada às 10h40 de domingo e o Corpo de Bombeiros também esteve no local para resgatar o cadáver. Uma moradora próxima contou que ouviu entre seis e oito tiros na noite de sexta. As informações dos moradores eram desencontradas. Apesar de dizerem que não conheciam o homem, comentários davam conta que o provável assassino seria o "Teta", conhecido por diversos delitos, entre eles, um assalto a uma loja na semana passada.