João morreu no prédio em construção
que o abrigava, no centro de Campo Largo.

Bem que os vizinhos perceberam o sumiço de João de Sá, conhecido andarilho que perambulava pelas ruas do centro de Campo Largo. Ele estava morto e seu corpo foi encontrado às 9h45 de sábado, do lado de fora do prédio em construção que lhe servia como abrigo, na Rua Domingos Cordeiro, esquina com Rua Senador Xavier da Silva. O adiantado estado de decomposição do cadáver impediu a polícia de determinar de imediato a causa da morte.

Foi um vizinho de muro, alertado pelo cheiro, quem encontrou o corpo de João. A morte ocorreu há pelo menos uma semana. “Ninguém disse ter visto movimentação suspeita. Sabemos que João bebia e dormia ali, mas não causava problemas no bairro”, disse o soldado Alfredo, do 17.º Batalhão da PM, que atendeu o caso ao lado do soldado Portela. Ele não portava documentos ou objetos ao ser encontrado sem vida. O laudo de necropsia do Instituto Médico Legal irá determinar a causa da morte.