Em operação realizada entre quarta-feira e quinta-feira, o Instituto Ambiental do Paraná (IAP) e o Batalhão da Polícia Florestal do Paraná apreenderam dez toneladas de palmito em todo o Estado. Segundo informações da Polícia Florestal, um total de R$ 716 mil foram aplicados em multas.

Em Antonina, na quinta-feira, apenas quarenta unidades do produto foram apreendidas na operação. Uma nova blitz organizada anteontem apreendeu mais 441 unidades. Segundo o cabo Ubirajara Sales, da Polícia Florestal de Antonina, a operação de sexta-feira aconteceu de forma paralela a blitz feita em todo Estado. “Diferentemente do que foi noticiado, 10 toneladas foi o saldo da operação no Paraná todo, não apenas da blitz em Antonina.” Segundo o cabo, o palmito aprendido está sob vigilância da Polícia Florestal e Militar nas cidades em que houve a operação. (Guilherme Voitch)