A Polícia Militar de Campo Mourão apreendeu, na noite de anteontem, cerca de 1,2 tonelada de maconha e mercadorias de descaminho num ônibus que transitava pela BR-369, entre Campo Mourão e Mamborê, rota bastante utilizada por ônibus de sacoleiros vindos de Foz do Iguaçu. Viajavam ainda no veículo estrangeiros que haviam entrado no País de forma irregular e que se dirigiam a São Paulo para trabalhar em empresas de confecções. Dos 19 passageiros, cinco foram autuados em flagrante por descaminho, quatro por tráfico de drogas e o restante por entrada ilegal no País. A pessoa que comandava o carregamento da droga, um homem de 40 anos, tentou fugir, mas em seguida foi interceptado pela polícia.

A polícia desconfiou do ônibus parado no acostamento por volta das 22h da última quarta-feira e resolveu vistoriar o veículo. O cheiro da droga denunciou o esquema: 1.274 quilos de maconha foram encontrados escondidos em meio à bagagem. Além disso, foram encontrados eletroeletrônicos e brinquedos sem nota fiscal. Os nove estrangeiros que viajavam para São Paulo – oito bolivianos e um paraguaio – também foram detidos. Eles iam trabalhar em empresas da capital paulista, sem registro. Já os que armaram o carregamento de drogas eram brasileiros e se responsabilizaram pela ação. O chefe da quadrilha tentou fugir, mas não foi longe: a polícia logo o deteve. Todos os autuados foram encaminhados à Polícia Federal de Maringá.