Foram convocados nesta segunda-feira (10) os  2.631 candidatos aprovados em concurso público da Polícia Militar. Eles farão os testes de aptidão física e entrega de exames. São 2.222 policiais 409 bombeiros.

É a segunda chamada do concurso que está contratando 4.445 policiais militares e 819 bombeiros para atuar em todas as regiões do Paraná.

Uma primeira turma de convocados, formada por 2.223 PMs e 210 bombeiros, já está fazendo o curso de formação e começa a trabalhar em junho. O concurso foi o mais concorrido da história da corporação, com mais de 120 mil inscritos.

O comandante-geral da Polícia Militar do Paraná, coronel César Kogut, afirmou que o edital de convocação dos candidatos será publicado no site da Faculdade Estadual de Educação em Ciências e Letras de Paranavaí (Fafipa), entidade de organizou o concurso, até o dia 12 de março. A proposta é que o processo seletivo físico termine até final de setembro para início do curso da formação.

“Estamos reestruturando as forças de segurança do nosso Estado, com investimentos em infraestrutura, tecnologia, mas principalmente com o reforço no efetivo”, disse Richa.

Atualmente, o Paraná tem 21.213 policiais militares e bombeiros. “Saímos de um efetivo de 17 mil soldados. Um acréscimo real de quatro mil homens”, explicou o comandante da PM.

A convocação dos candidatos foi acompanhada pelo presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, deputado Mauro Moraes. “É um reforço importante que ajudará o Paraná a combater à criminalidade e trazer segurança a população”, avaliou ele.