Investigadores da delegacia de São José dos Pinhais já tem pistas dos assassinos de duas mulheres de menos de 20 anos, cujos crimes foram cometidos no fim de semana passado.

Jenifer Luana de Matos dos Santos, 18 anos, trabalhava como frentista e aguardava na fila para entrar em um bailão no bairro Águas Belas, na noite do dia 19, quando foi atingida por dois tiros. Ela chegou a ser encaminhada ao hospital do município, mas morreu horas depois. Uma das linhas de investigação é de que o crime pode ter motivos passionais.

“Ela estava saindo de um relacionamento. Teremos mais detalhes assim que conseguirmos localizar o ex-namorado dela”, disse o delegado Gil Tesseroli, titular da delegacia.

No dia seguinte, Fernanda de Oliveira da Luz, 19, foi assassinada com um tiro no peito na Rua Claridade, Jardim Alvorada. Duas amigas deixaram a jovem sozinha, bebendo cerveja, para comprar cigarros, e quando voltaram encontraram uma moto saindo em alta velocidade e Fernanda agonizando.

O crime pode ter relação com o tráfico de drogas. “Amigos e familiares confirmaram que ela era usuária de crack. Acreditamos que uma dívida de compra de drogas pode ter motivado o crime”, relata Tesseroli.