As armas recolhidas desde o início da campanha de entrega voluntária, deflagrada pelo governo do Estado, em janeiro, numa parceria com o Exército, serão destruídas na próxima segunda-feira, a partir das 10h30, no estacionamento do Palácio Iguaçu, em Curitiba. Dois rolos compressores farão a destruição do arsenal. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, somente nos dois primeiros meses do ano foram recolhidas 2.045 armas. Até agora já são 5.117 armas entregues voluntariamente à Delegacia de Armas e Munições (Deam). O número de armas apreendidas pela Polícia Militar (PM) e também encaminhadas à campanha chegou a 4.477.

A Lei Estadual de Desarmamento entrou em vigor no dia 03 de janeiro, e dá um bônus de R$ 100 para cada arma entregue voluntariamente pela população ou para aquelas apreendidas pelos policiais civis e militares. De acordo com o delegado titular da Deam, Guaraci Hoffman, o resultado da ação tem sido positivo. Ele afirma que é possível verificar a grande participação da população de todo Estado, pois a cada dia, novas armas de todas as regiões do Paraná chegam a Curitiba.