Maria Emília e Viviam: onde estão?

Um misterioso desaparecimento está sendo investigado em conjunto por policiais civis da Delegacia de Vigilância e Captura (DVC), Sicride e por policiais militares do Grupo Águia. Maria Emília Cacciatore Florencio, 38 anos, e sua filha, Viviam Florencio, 3, desapareceram na última sexta-feira, no centro de Curitiba.

Segundo os irmãos de Emília, ela saiu de sua casa, na Barreirinha, por volta das 17h para buscar a filha mais nova na creche. Em seguida foi até a Praça Tiradentes, onde teria marcado um encontro. Preocupada com a demora da mãe, a filha de 11 anos lhe telefonou. "Ela disse para minha sobrinha que estava à espera de uma amiga. Depois disso não conseguimos mais contato com minha irmã", contou Sérgio Luís Florencio. Emília, que trabalha como artesã, tem três filhos, de 3, 11 e 14 anos. Qualquer informação que possa ajudar a polícia a encontrar Maria Emília e Viviam pode ser passada à DVC através do telefone 322-1653 ou ao Sicride, através do número 224-6822.