Usando um pequeno martelo de ferro debaixo da blusa, para simular uma arma, Paulo Henrique Marins de Souza deu voz de assalto a funcionários de um posto de gasolina e fugiu levando R$ 440,00. Ele foi preso logo em seguida por policiais militares e levado ao 13.º Distrito Policial (CIC).

Segundo o delegado Noel Francisco da Silva, Paulo cometeu o roubo por volta das 8h30 da manhã de ontem, no estabelecimento situado na Estrada

do Ganchinho. Sem antecedentes criminais, o indivíduo contou que só cometeu o crime porque a filha dele de 1 ano e 7 meses estava doente. A justificativa não convenceu o delegado, que o autuou em flagrante por roubo.