Fabiano Borges resolveu
roubar e se deu muito mal.

Ao tentar o que disse ser seu primeiro assalto, Fabiano Teixeira Borges, 20 anos, se deu muito mal. Armado com um revólver, calibre 38, ele teve a ousadia de atacar uma banca de revistas, ao lado da Delegacia de Furtos e Roubos, na Rua Agamenon Guimarães, Jardim Botânico, às 18h30 de ontem. Perseguido por investigadores da DFR, o assaltante ainda resistiu à prisão, conforme informado pela polícia.

Os policiais Manoel e Rigler estavam nas proximidades quando Fabiano mostrou a arma para a proprietária da banca e anunciou o assalto. A vítima disse não ter dinheiro, pois pagara algumas contas, e o assaltante estava indo embora, quando foi surpreendido. Os investigadores perseguiram Fabiano pela Rua Oyapock, onde o rapaz tinha deixado sua motocicleta Titan azul, placa AJZ-2997, de Campo Magro. Antes de alcançar o veículo, foi detido pelos investigadores. “Ele fez menção de atirar contra os policiais, mas a equipe foi mais rápida e o conteve”, relatou o delegado Alfredo Dib, acrescentando que foi necessário uso de força física para prender o rapaz.

Fabiano afirmou que esse foi seu primeiro assalto. “A prestação da moto estava vencendo e precisava de dinheiro”, justificou, dizendo que ganha 320 reais como auxiliar de produção. Ele contou que comprara a arma de um amigo, em Campo Magro, por 250 reais.

A DFR irá pesquisar se o detido cometeu outros delitos. Se alguma vítima dele o reconhecer, deve ligar para o telefone 262-2800. Fabiano foi autuado em flagrante por roubo qualificado e resistência à prisão.