Ao reagir a um assalto contra o Auto Posto Aliança, o vigilante Antônio Martins, 55 anos, foi ferido com um tiro na coxa. O fato ocorreu na Estrada Guilherme Weigert, Jardim Aliança, Santa Cândida, às 20h de quinta-feira. Os bandidos, que usavam duas motocicletas, fugiram sem nada levar. Este seria o terceiro assalto contra o estabelecimento somente esta semana.

Testemunhas contaram que o vigilante havia acabado de chegar, mas o posto ainda estava aberto e atendendo clientes. Dois homens ocupando duas motocicletas Honda CG-125, uma vermelha e outra prata, encostaram do lado do vigilante. Os motoqueiros desembarcaram e anunciaram o roubo, tentando render o vigilante. Mesmo desarmado, Antônio reagiu e foi ferido.

Confusão

O estampido chamou a atenção dos outros funcionários e dos clientes, que abasteciam. ?Os motoristas saíram rapidamente do local. Os funcionários correram e fecharam a porta?, contou uma testemunha. Antônio também tentou escapar e andou alguns metros até a casa de um amigo, na Rua João Manoel Jeremias, onde tentou se esconder, mas acabou caindo. Assustados com a confusão, os bandidos também fugiram sem nada levar. Antônio foi socorrido por um vizinho, que o encaminhou ao hospital.

O cabo Moreski e o soldado Mathias, do 20.º Batalhão, foram até o local, fizeram patrulhamento na região mas não localizaram nenhum suspeito.

Neuza dos Santos disse que a Polícia Militar tinha passado pelo posto minutos antes do roubo. ?Eles esperaram a polícia sair para atacar. Aqui está terrível, os bandidos não respeitam ninguém?, reclamou.