Foram apresentado na tarde de hoje (26) na Delegacia de Furtos e Roubos (DFR) de Curitiba, três pessoas acusadas de envolvimento no assalto da Imobiliária Apolar na manhã deste domingo (25).  Foram apresentados Antônio Rocha, de 55 anos, e Ademir Martins, 32. De acordo com informações da DFR, ambos são acusados do roubo da Apolar, além de outros três assaltos. O terceiro preso, Dirleans de Souza, 26, é acusado de ter vendido um dos carros utilizados para a fuga da dupla.

Com Martins e Rocha foram apreendidos dois coletes balísticos. Os dois se passavam por policiais civis. Após o roubo à Apolar, policiais da DFR interrogaram as vítimas e uma equipe foi deslocada para a BR476 sentido Santa Catarina, destino dos assaltantes.

Martins, que dirigia um Citröen C3, foi reconhecido imediatamente pelos policias e autuado em flagrante. Com ele foram apreendidos dois coletes balísticos, uma pistola nove milímetros e um pistola calibre 380 além de parte do dinheiro do roubo. Rocha foi preso no litoral catarinense em um veículo Astra com placas de Colombo. Policiais da DRF realizaram sua prisão com a ajuda de policiais de Balneário Camboriú e Bombinhas.

De acordo com informações do delegado da DFR, Silvan Rudney Pereira, após a prisão de Antônio Rocha e Ademir Martins, mais três casos de roubos foram elucidados em Curitiba. Os acusados são suspeitos de participação em um roubo a um carro forte no bairro Mercês em Curitiba que acabou com a morte de um vigilante. O crime aconteceu em 2008.

O delegado Pereira também revelou a participação dos dois ao assalto a transportadora TGA neste mês. Essa transportadora pertence ao prefeito do município de Quatro Barras, região metropolitana de Curitiba. No roubo foi levado um cofre de aproximadamente duas toneladas contendo o valor aproximado de R$40 mil.

Martins e Rocha são suspeitos ainda de participação no assalto à empresa NL Garcia, no dia 12 de julho. De lá, foi levada uma quantia estimada em R$50 mil.

Os presos foram autuados em flagrante, acusados de porte ilegal de armas, falsificação de cédula de identificação de veículo, receptação de veículo roubado e roubo qualificado. Os dois foram encaminhados ao Centro de Triagem II em Piraquara, região metropolitana de Curitiba onde estão à disposição da Justiça.