Dois jovens, que tentaram assaltar um caminhão de bebidas, foram presos em flagrante, na tarde de ontem, por policiais militares do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRV). Dionatan Siqueira, 18 anos, e Laerzio Ribeiro dos Santos Júnior, 22, foram pegos dentro do caminhão, em Almirante Tamandaré. Um deles portava a pistola roubada de um soldado da PM na semana passada. Os dois comparsas dos assaltantes fugiram em duas motos.

O roubo ocorreu por volta das 16h30, quando o motorista e o ajudante paravam o caminhão no acostamento do Contorno Norte, para verificar as próximas entregas e a rota a seguir. Nem haviam parado o caminhão, quando foram fechados por quatro rapazes, em duas motos. Os garupas desceram, invadiram a cabine e, apontando armas para os trabalhadores, mandaram os dois continuarem pela rodovia.

De acordo com o cabo Neimitz, da Ronda Tático Motorizada (Rotam), do BPRV, o motorista de um Fusca notou o roubo e avisou a polícia, que fazia blitz 500 metros adiante. Os policiais pararam o caminhão e prenderam Dionatan e Laerzio, ambos moradores em Colombo. Os outros dois assaltantes, quando perceberam que o caminhão seria abordado, deram meia-volta e fugiram sentido Colombo.

Pistola

Dionatan foi pego com um revólver calibre 38, com numeração lixada e seis munições. Laerzio estava com uma pistola calibre 40, com 12 munições, que pertencia a um soldado do 17.º BPM, em Cerro Azul, assaltado na quinta-feira, no Jardim Gramado, em Almirante Tamandaré.

O soldado aguardava uma pizza no balcão de um restaurante, quando os bandidos chegaram, para assaltar o estabelecimento. Porém, eles notaram a arma sob a roupa do policial e mandaram que ele a entregasse. Para não causar um tiroteio, que poderia fazer vítimas na pizzaria, ele obedeceu. Laerzio confessou aos policiais estar junto com os assaltantes, mas negou participação direta no roubo. O soldado deverá ser convocado para fazer o reconhecimento do detido, encaminhado com o comparsa à delegacia de Almirante Tamandaré.