Duas meninas brigaram e uma foi morta num conhecido ponto de encontro de jovens no centro de Campo Largo. A garçonete e estudante Priscila Ortiz dos Santos, 16 anos, levou duas facadas Å uma delas no coração Å às 21h50 de domingo, na Praça do Fórum Velho. A autora do crime fugiu e ainda não foi identificada pela polícia.

O operário Odir Ferreira Alves dos Santos, 44 anos, pai da garota, contou que Priscila saiu sozinha, às 18h de domingo, de sua casa, no Jardim Itaboa, a três quilômetros do centro de Campo Largo. Ela foi ao encontro do namorado, que trabalha numa lanchonete da praça em que ocorreu o assassinato.

Briga

A família só soube que houve uma briga com outra menina, por motivo ainda desconhecido. A inimiga desferiu dois golpes em Priscila e fugiu. O próprio namorado conduziu a garçonete até o Centro Médico de Campo Largo, onde ela morreu meia hora mais tarde.

De acordo com o pai, Priscila sempre freqüentava a praça e nunca havia comentado sobre brigas ou ameaças. “Não sabemos quem poderia fazer isso, já que minha filha nunca trouxe problema. Mas certamente muita gente viu”, disse Odir, que não discutiu o assunto com o namorado da vítima. A delegacia de Campo Largo investiga o caso.