Jean Ernani de Lima, 25 anos, morreu no Hospital Cristo Rei, em Quitandinha, após ter sido baleado, domingo. De acordo com a Polícia Militar, o suspeito do crime, Claudinei Moraes Pedro, 31 anos, foi preso nas imediações. Jean trabalhava como assessor de um vereador de Quitandinha.

Por volta das 22h de domingo, a PM foi atender a chamado por briga no pátio de um posto e flagrou Claudinei atirando várias vezes contra a vítima. O assassino fugiu e atirou contra os PMs. Ele foi perseguido e preso. Claudinei está na delegacia de Rio Negro (SC). O motivo do crime, segundo a PM, teria sido bebedeira.