Um comerciante foi preso, na tarde de ontem, após desarmar um guarda municipal e disparar dois tiros para o chão, no Cajuru. Lourival Ribeiro, 34 anos, foi até a Unidade Municipal de Saúde do bairro, por volta de 15h30, para trocar a receita da filha e não gostou da resposta da médica, que teria dito que a menina estava fazendo manha para tomar o medicamento.

Segundo informações da Rádio Banda B, o comerciante discutiu com a médica e o guarda municipal do posto foi chamado, colocando Lourival para fora da unidade. Os dois entraram em luta corporal e o pai, irritado, conseguiu tomar a arma do guarda, disparando duas vezes para o chão. Depois do ataque de nervos, Lourival fugiu com a pistola.

O guarda pediu apoio e chegou a emprestar uma bicicleta para perseguir o agressor. Lourival foi preso e encaminhado ao Centro Integrando de Atendimento ao Cidadão (Ciac-Sul), anexo ao 8.º Distrito Policial (Portão). Segundo informou o plantão da delegacia, ele vai responder por disparo de arma de fogo. A arma não foi encontrada.