Cleiton, por sorte, na feriu ninguém.

Depois de disparar a esmo durante um partida de futebol, na tarde de domingo, em Araucária, Cleiton dos Santos de Carvalho, 24 anos, fugiu do local, mas foi detido por policiais do 17.ºBatalhão de Polícia Militar. Junto com ele os PMs aprenderam quatro armas e vários cartuchos intactos e deflagrados de pistola e de revólver.

Durante o jogo, Cleiton, que estava na torcida, teria se desentendido com alguns torcedores e começado a disparar de forma aleatória. Depois disso, ele apanhou o irmão de 11 anos e foi embora, sem ferir ninguém. Com as características do veículo, os policiais passaram a realizar buscas na região, até encontrá-lo trafegando pela Rua Archelau de Almeida, com o Gol vermelho, placa AHM-0251. Ao ser abordado e detido, os policiais encontraram com Cleiton uma pistola 380 e três revólveres calibre 38, tendo um deles a numeração lixada. Também foram apreendido nove cartuchos de pistola e 16 de revólver. De acordo com o soldado Paulo, o preso mora no Parolin e trabalha como cobrador de ônibus. O atirador que, até então, não tinha antecedentes criminais foi autuado por porte ilegal de armas.